Evento que aconteceu essa semana, em São Paulo, reuniu diversos profissionais do setor da indústria de alimentos e bebidas

Cerca de 300 pessoas compareceram ao Hotel Transamérica, em São Paulo, para o 6º Simpósio Internacional Food Safety, realizado todos os anos pela 3M. Durante o dia todo, os convidados tiveram contato com conteúdo de qualidade em debates trazidos por grandes nomes do setor da indústria de alimento e bebidas e profissionais da área.

Entre os palestrantes estiveram: Dr. João Dornellas, Presidente executivo da ABIA (Associação Brasileira da Indústria de Alimentos), que falou sobre a importância da indústria de alimento para o País e expôs dados sobre o setor; Dra. Josinete Barros de Freitas, pesquisadora do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento; Dra. Emília Raucci, Diretora de Qualidade da JBS; Dr. Wilfredo Dominguez, Cientista Sênior da 3M Food Safety; Dra. Ligia Schreiner, Gerente de Regularização de Alimentos da ANVISA; Dra. Pamela Wilger, Microbiologista Sênior e Especialista em Segurança dos Alimentos da Cargil; e Márcio Fernandes, que encerrou o dia de aprendizado e troca de informações com um bate-papo sobre mudança e novos tempos.

Dentre os assuntos tratados durante o fórum, mereceram destaque o Big Data a serviço da qualidade dos alimentos, que por meio de robôs, tem a capacidade de avaliar conformidades e não conformidades durante a produção. Além desse tema, o assunto que permeou quase todas as palestras foi a Cultura de Food Safety e como atingir todos os funcionários para que isso aconteça. A conclusão foi a mesma para todos os líderes: focar em pessoas e não somente em processos. O líder empático consegue que os funcionários se motivem e a cultura flua.

No hall do centro de convenções estavam dispostos os últimos lançamentos da 3M Food Safety, onde se destaca o Sistema de Monitoramento e Gerenciamento de Higiene, que tem programação para 23 idiomas, está com novo software que auxilia em resultados mais precisos, design ergonômico e sem fios.

Essas novidades e temas trazidos para o evento são fundamentais quando falamos de uma indústria que corresponde a 9,6% do PIB do Brasil e à metade da balança positiva comercial. Apenas no ano passado, a indústria de alimentos gerou 1,6 milhão de empregos diretos.

“Esses encontros são sempre muito enriquecedores para todos nós, profissionais do setor. Ficamos mais uma vez muito satisfeitos com o resultado e a aderência do público. Os palestrantes trouxeram uma grande colaboração para o evento com temas que estão em voga e que preocupam a indústria de alimentos de modo geral. Falar de segurança do alimento é de suma importância para garantirmos cada vez mais sua qualidade e como ele chega à mesa do consumidor. Já certos do sucesso, estamos ansiosos para o fórum do ano que vem”, afirma Luciana Bueno, Gerente de Negócios da 3M, divisão Food Safety.

Fonte: B4T Comm

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui